Anvisa determina recolhimento de lotes de medicamento Losartana

A Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária determinou, nesta quinta-feira, dia 23, o recolhimento e interdição de diversos lotes de vários fabricantes do medicamento losartana, usado para tratar pressão alta. A agência detectou a impureza “azido” – uma substância que pode causar mutações – em uma concentração acima do limite de segurança aceitável nos remédios. Segundo a Anvisa, o contaminante pode aparecer durante a produção do insumo farmacêutico ativo, que é utilizado pela indústria farmacêutica para fabricar o medicamento final. A agência recomendou que os pacientes que usam o remédio, mesmo que ele esteja entre os lotes afetados, não deixem de tomar o medicamento, pois isso pode trazer riscos para a saúde do paciente. Em caso de dúvida o paciente deve procurar um médico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.