Autor de atentado em Piracicaba pode pegar até 100 anos de prisão

A Justiça de Piracicaba aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público de São Paulo, que pediu a manutenção da prisão preventiva do autor do atentado a um ônibus do transporte urbano, que deixou três mortos e três feridos no último dia 21 de junho, em Piracicaba. O responsável pelo atentado, um homem de 52 anos, foi preso em flagrante. O autor esfaqueou seis pessoas dentro de um ônibus que fazia a linha 444 Centro/Vila Sônia.

O crime, segundo a promotoria, se deu por motivo torpe e que revela perversidade, “pela satisfação em matar”, com crueldade e para dificultar chance de defesa das vítimas. De acordo com o promotor Aluisio Antonio Maciel Neto, se condenado as penas podem chegar a ultrapassar os 100 anos.

Fonte: g1.globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.