Campinas registrou 4 mortes causado por dengue

Com as três mortes por dengue confirmadas ontem, Campinas chegou a quatro óbitos causados pela doença em 2022, o maior número registrado em um ano, desde 2019, quando a metrópole contabilizou seis vidas perdidas.

O total de casos confirmados da doença no primeiro semestre de 2022 já supera o total de casos somados de 2020 e 2021. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ainda que esteja na metade, 2022 já é o quarto ano com mais mortes desde 2007. O ranking é liderado por 2015, ano da pior epidemia já registrada por Campinas e que teve 22 óbitos.

Todas as quatro mortes por dengue em 2022 aconteceram em abril, mas a causa foi confirmada apenas agora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.