Canil clandestino com 138 cães e gatos foi denunciado

A Justiça de Limeira aceitou denúncia do Ministério Público do Estado de São Paulo contra o casal responsável por manter 138 cães e gatos em um canil clandestino.

Segundo o promotor de Defesa do Meio Ambiente do MP, Luiz Alberto Segalla Bevilacqua, os animais ficavam depositados em locais completamente insalubres. Eles ficavam presos em vários cômodos da residência e em cercados de cerca de dois metros, com uma média de 12 cachorros em cada, na parte de fora da casa, em meio a fezes e urina. Entre os animais, muitos eram da raça Lulu da Pomerânia, que costumam ser anunciados no mercado de pets por até R$ 15 mil. A Polícia Civil localizou e apreendeu R$ 33 mil em dinheiro na chácara onde os animais foram resgatados, que segundo os policiais, deve ser do comércio dos animais.

Segundo o promotor o casal pode pegar uma pena de até 7 anos de prisão pelos crimes de maus tratos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.