Espanha enfrenta pior onda de calor em 40 anos

Faltando poucos dias para o início oficial do verão na Espanha, que acontece em 21 de junho, o país está enfrentando a pior onda de calor dos últimos 40 anos. Segundo a agência estatal meteorológica Aemet, uma massa de ar quente, procedente do Norte da África, fez as temperaturas dispararem, e a onda de calor sufocante pode durar em grande parte da Espanha até o final da semana. Com as temperaturas passando de 40 graus em partes do Sul e região central da Espanha, a atual onda de calor é a mais antecipada registrada desde 1981, de acordo com a agência estatal meteorológica. Os moradores estão sentindo muito as elevadas temperaturas. O porta-voz da Aemet, Ruben del Campo, disse que embora o calor extremo não seja incomum em junho, o fato é que as ondas de calor se tornaram cinco vezes mais frequentes no século 21.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.