Falta de medicamentos atinge todo Estado de São Paulo

Quase todos os farmacêuticos do estado de São Paulo estão relatando falta de remédios nos estabelecimentos onde trabalham.

Um levantamento feito pelo Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo revela que 98,5% dos profissionais apontam falta de medicamentos nas redes privada e pública de farmácias e estabelecimentos de saúde do estado. Segundo os profissionais, os medicamentos mais em falta são os antimicrobianos e os mucolíticos.

Segundo o Conselho Regional de Farmácia, as principais razões para a escassez de medicamentos são as falhas logísticas que afetam diversas cadeias industriais em razão da pandemia de covid-19, a guerra na Ucrânia e as fortes restrições de circulação para conter os surtos de coronavírus na China também prejudicam o abastecimento de remédios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.