Paulo Maluf condenado a pagar quase R$ 3 milhões de multa

A Justiça de São Paulo determinou que ex-prefeito Paulo Maluf pague uma multa de cerca de R$ 2,87 milhões em cumprimento a uma sentença na qual foi condenado por improbidade administrativa.

De acordo com o processo, quando Maluf foi prefeito de São Paulo, em 1996, fez manobras irregulares nas contas da cidade para justificar gastos extras no orçamento. Maluf teria realizado artifícios contábeis para projetar uma arrecadação de impostos maior do que a realizada. Essa nova condenação aconteceu pouco mais de um mês após o STF – Supremo Tribunal Federal negar indulto humanitário ao ex-deputado Paulo Maluf.

Os advogados do ex-deputado pediram também o indulto humanitário, ou seja, perdão da pena, em razão de doença grave e permanente. Mas Fachin, relator do pedido, entendeu que laudos oficiais mostram que Maluf não faz jus ao indulto.

Fonte: g1.globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.