Perícias médicas à distância são prorrogadas pelo INSS até 30 de junho

Atendimento à distância em caráter experimental para perícias médicas do INSS vão até 30 de junho.

Após 90 dias de implantação, o piloto para teleavaliações venceria no início deste mês, mas foi estendido até final de junho.

As prefeituras são responsáveis pela dotação de suporte técnico para a realização da perícia por meio de teleavaliação.

Para a Associação Nacional de Médicos Peritos o formato de atendimento à distância não reduz o tempo de espera dos segurados que necessitam de avaliação.

O presidente da entidade, Luiz Carlos Argolo, afirma que a solução é destinar 100 POR CENTO dos servidores ao atendimento presencial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.