Presidente do Senado diz que CPI acontecerão apenas depois das eleições

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), informou nesta terça-feira, dia 5, que vai ler todos os requerimentos que pedem a criação de comissões parlamentares de inquérito, mas disse que os trabalhos das CPIs só vão começar depois das eleições deste ano.

Entre os pedidos de abertura de CPI que aguardam leitura, está o de criação da CPI do MEC, que busca apurar as denúncias de que pastores teriam intermediado a liberação de recursos do Ministério da Educação. A crise levou à prisão do ex-ministro da pasta Milton Ribeiro.

Tem também a CPI do Narcotráfico e Crime Organizado, a CPI das Obras Inacabadas e a CPI do Desmatamento na Amazônia. Segundo Pacheco, o funcionamento das CPIs após as eleições foi uma sugestão de líderes partidários, com a qual ele concordou.

Fonte: g1.globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.